Otorrino Paulista

Afinal, respirar pela boca faz mal? Descubra aqui!

Você respira da forma correta? Saiba que inalar o ar de maneira apropriada é essencial para proteger o organismo de determinadas doenças e viver com mais qualidade. Por que, então, algumas pessoas não conseguem fazer isso como se deve? Afinal de contas, respirar pela boca faz mal? Por qual motivo?

Sim, faz. Porém, não é só por conta do hábito que alguns indivíduos respiram assim. Determinadas doenças, como rinite e sinusite, obstruem o canal nasal e levam à respiração bucal. Além disso, a malformação da face provocada, por exemplo, por fendas palatinas, favorece o quadro.

Neste artigo, vamos explicar melhor por que respirar pela boca faz mal, quais são as causas e as consequências da respiração incorreta, e como corrigir o problema. Veja!

Por que respirar pela boca faz mal?

No processo correto de respiração, o ar entra pelo nariz e passa pela faringe e laringe até se dirigir à traqueia e aos pulmões. O interior das narinas é quente, úmido e contém pelos; logo, trata-se do ambiente ideal para filtrar, umidificar e aquecer o fluido que respiramos. Essas etapas servem para:

  • eliminar as impurezas do ar, ou seja, microrganismos e, até mesmo, ácaros, poeira e grãos de pólen, os quais atacam as vias aéreas e causam doenças;
  • fazer com que o ar fique com uma temperatura semelhante à do corpo;
  • assegurar a taxa de umidade adequada do ar, a fim de diminuir o risco de irritação do tecido pulmonar.

Porém, algumas pessoas têm o hábito de respirar pela boca. Ao fazer isso, elas estão colocando em risco a própria saúde, tanto a corporal como a bucal. Quando o processo é feito de forma inapropriada, há o perigo de aparecerem doenças na gengiva e alterações na dentição, além de infecções respiratórias e outros problemas.

Quais problemas a respiração inadequada provoca?

Agora que você já sabe por que respirar pela boca faz mal, é importante ter ciência dos problemas provocados por uma respiração inadequada. Listamos, abaixo, os principais!

Desenvolvimento anormal do rosto

A corrente de ar vinda da boca é menor por causa do incômodo ocasionado pela respiração bucal. Isso gera alterações na anatomia da face.

Mudanças na arcada dentária

Da mesma forma que o formato do rosto corre o risco de sofrer alterações, a arcada dentária também pode ser afetada. Dessa forma, respirar pela boca favorece problemas de oclusão e posição inadequada da dentição (dentes tortos).

Doenças bucais

Outra consequência incômoda da respiração bucal é o aparecimento de doenças na região, como a gengivite (inflamação na gengiva). O próprio desalinhamento dos dentes pode ocasionar esse problema.

Alterações na mordida

Além da dentição torta, pode haver alterações na mordida. Assim, a respiração incorreta pode gerar uma mordida cruzada ou aberta.

Ronco e apneia do sono

Respirar pela boca favorece a obstrução da via aérea na hora do repouso noturno, levando ao ronco e à apneia do sono. Nas crianças, os efeitos são ainda piores, uma vez que isso prejudica o crescimento e o rendimento escolar.

Infecções das vias aéreas

O ar que entra pela boca é mais impuro, seco e frio, já que não passa pelos processos de filtração, umidificação e aquecimento. Assim, a respiração bucal prejudica a garganta e o pulmão, contribuindo com o surgimento de infecções.

Oxigenação do cérebro

A oxigenação do cérebro é outro problema ocasionado pela respiração bucal. Isso pode comprometer a concentração e o desempenho durante as atividades do dia a dia.

O que leva as pessoas a respirarem pela boca?

Os motivos que levam uma pessoa a respirar pela boca são diversos. Veja, a seguir, quais são alguns deles!

Malformação da face

As malformações na região da face são uma das principais causas da respiração bucal. Por isso, pessoas que têm fendas palatinas ou Síndrome de Down, por exemplo, tendem a sofrer com o problema.

Aumento das adenoides e das amígdalas

Outra razão que favorece a respiração pela boca é o aumento das adenoides e das amígdalas. Essa condição é comum principalmente em crianças entre cinco e seis anos. Ela leva ao ronco e, algumas vezes, à apneia.

Desvio de septo nasal

O desvio de septo é o posicionamento inadequado da parede interna que divide as cavidades nasais, o que prejudica a respiração pelo nariz e faz com que as pessoas inalem o ar pela boca.

Gripes e resfriados

As infecções agudas nas vias aéreas superiores provocam obstruções nasais que, muitas vezes, comprometem a respiração pelo nariz. Isso acontece, por exemplo, com pessoas acometidas por gripes e resfriados.

Rinite alérgica

A rinite alérgica é outra causa da obstrução nasal que favorece a respiração pela boca. Ela é decorrente do contato com agentes alérgenos, como fungos, poeira doméstica, poluição, pelos de animais domésticos e produtos químicos.

Pólipos nasais ou sinusite

O desenvolvimento de pólipos nasais ou sinusite leva à inflamação das paredes internas do nariz e, consequentemente, à obstrução do canal respiratório. Por isso, tal quadro também prejudica a respiração nasal.

É possível corrigir o problema?

Sabemos que respirar pela boca faz mal e, por isso, é importante evitar essa prática. Porém, vimos também que nem todas as pessoas conseguem inalar o ar pelo nariz devido a diferentes fatores, como doenças respiratórias e malformação da face. Diante disso, fica a pergunta: afinal, é possível corrigir o problema?

A resposta é sim. Para tal, o fato que leva o indivíduo a respirar por via bucal precisa ser descoberto. Essa tarefa fica a cargo de um otorrinolaringologista, fonoaudiólogo ou dentista. Após o diagnóstico, o especialista recomendará o tratamento mais adequado para solucionar o quadro.

Há casos em que é necessário fazer uma higienização da cavidade nasal com soro fisiológico. Em outros, é preciso tratar determinada doença alérgica. A depender da situação, é recomendado o uso de aparelho ortodôntico ou até mesmo a realização de cirurgias (para corrigir a malformação facial, por exemplo).

Entendeu por que respirar pela boca faz mal? Se você tem esse hábito, é importante procurar um médico especializado para investigar a origem do problema e seguir com o tratamento adequado. Assim, você evitará os malefícios provocados pela respiração inapropriada e, por conseguinte, passará a viver com mais saúde.

Achou este artigo interessante? Ele ajudou a tirar suas dúvidas sobre o tema? Fique à vontade para deixar seu comentário no espaço abaixo!

Compartilhe !

Agendar consulta
1
Agendar consulta
Olá! Quer ter mais informações para agendar sua consulta?