O que é uma rinoplastia étnica?

rinoplastia é um procedimento muito comum. Segundo pesquisa da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica (ISAPS), de 2019, foram registradas mais de 1 milhão 498 mil cirurgias plásticas estéticas no Brasil. Dentre os procedimentos de nariz mais pedidos, está a rinoplastia étnica. Mas, afinal, o que isso significa? Neste post, a clínica Otorrino Paulista vai te explicar tudo! Confira!

O que é rinoplastia?

Rinoplastia é a cirurgia plástica para a correção estética do nariz. É indicada para aumentar, diminuir, dar projeção para a ponta, afinar as asas nasais e até diminuir a giba óssea –  aquele “osso” ou “calo” do nariz.

A rinoplastia é indicada para quem está insatisfeito com o formato do nariz. Dentre os procedimentos mais buscados, há: rinoplastia étnica, rinoplastia nariz de batata e rinoplastia nariz negroide.

Esse tipo de intervenção é comumente confundida com outros procedimentos nasais, como correção do septo nasal e turbinectomia – retirada de parte dos cornetos nasais, geralmente feito para diminuir os sintomas da rinite.

Estima-se que a prática da rinoplastia tenha sido desenvolvida entre o final do século 19 e início do século 20. Desde então, graças ao amplo conhecimento da fisiologia nasal e anatomia do segmento nasal houve uma constante evolução das técnicas de plástica nesta região.

Como é realizado o procedimento?

Duas técnicas podem ser usadas para a rinoplastia: 1) a aberta, chamada de exorrinoplastia e a 2) fechada, intitulada de endonasal. Na primeira técnica é feita uma pequena incisão na parte interna de cada narina e na base do nariz, entre as narinas. Enquanto na segunda alternativa, as incisões são feitas apenas dentro das narinas.

A técnica aberta é a mais indicada quando há necessidade de grandes alterações na ponta do nariz, pois a técnica fechada exige grande qualificação do profissional já que é realizada sem a visão do cirurgião.

O aumento nasal também pode ser feito através de enxerto de cartilagem, implante de próteses ou preenchimento no local. Para a diminuição do nariz, são retiradas partes da cartilagem e/ou realizada raspagem e lixamento. A fratura do osso pode ser realizada apenas em casos pré-avaliados durante um exame físico com um otorrinolaringologista.

O que é uma rinoplastia étnica?

A rinoplastia étnica é um termo que agrupa o tipo de rinoplastia de acordo com os fenótipos de cada pessoa.

Cada indivíduo possui suas individualidades quanto ao formato, força e resistência das cartilagens, assim como cicatrizes e tipos de pele. O ideal é ter uma abordagem cirúrgica totalmente individualizada para que o tratamento seja específico para cada paciente.

No Brasil, apesar de existirem diversos tipos de narizes, há 4 categorias étnicas principais: oriental, negróide, caucasiano e oriente médio. Essas quatro características podem surgir misturadas em um mesmo paciente, independente do seu grupo étnico.

Por isso, a indicação da Otorrino Paulista: procure um otorrinolaringologista para identificar criteriosamente as características do seu nariz e, assim, realizar o procedimento mais adequado para o seu perfil!

Pós-operatório

Um paciente que passa pela rinoplastia é liberado no mesmo dia, a menos que sua cirurgia seja de caráter funcional. Se esse for o caso, o paciente deve ficar internado por um período de 12 a 24 horas.

Após a alta médica, o paciente deve manter repouso absoluto na primeira semana e moderado até o final da segunda semana. Depois, poderá retornar às atividades de rotina, mas sem esforço físico ou exercícios.

Os curativos são mantidos por duas semanas. Uma semana com plástico enrijecido e outra somente com a fita adesiva porosa. Os tampões internos ficam apenas 1 dia após o procedimento.

Critérios para se fazer uma rinoplastia

Para avaliar com mais detalhe a estrutura nasal do paciente, é necessário apresentar alguns exames comuns para qualquer procedimento cirúrgico, como exame de sangue, dosagem de sódio, potássio, ureia e avaliação cardiológica.

Além disso, o otorrinolaringologista pode solicitar um exame de imagem e uma tomografia computadorizada. Em cirurgias de caráter funcional, serão necessários raio-x da face e nasofibroscopia.

A rinoplastia só pode ser feita a partir dos 15 anos de idade, pois nessa fase o desenvolvimento facial está quase concluído por completo. A cirurgia é contraindicada para pacientes com doenças em fase aguda, lactantes e pessoas que fizeram uso de anticoagulantes no mínimo sete dias antes do procedimento.

Para evitar qualquer complicação no procedimento, converse com um médico otorrinolaringologista sobre seus hábitos, histórico de saúde, complicações, dentre outras coisas. Além disso, é claro, é de extrema importância manter todos os exames em dia e seguir as recomendações médicas antes e após a cirurgia.

Conheça a Otorrino Paulista!

Agora que você sabe mais sobre rinoplastia e as diferenças entre rinoplastia étnica, rinoplastia nariz de batata e rinoplastia nariz negroide, que tal agendar uma consulta com um  otorrinolaringologista na Otorrino Paulista?  Agende uma consulta e tire todas as suas dúvidas com um especialista no assunto. Clique aqui e acesse o nosso site ou entre em contato pelo Whatsapp (11) 99142-2342.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como posso te ajudar
Send via WhatsApp