Otorrino Paulista

Desvio de septo nasal: como saber se você tem

Viver com o nariz congestionado, dificuldades de respiração e, até mesmo, roncos na hora do sono são problemas que podem afetar a rotina e o nosso estilo de vida. Parecem questões simples, mas dificuldades respiratórias, ao longo de anos, podem atrapalhar sua qualidade de vida. Isso porque não permitem um sono profundo, não ajudam na prática de atividades físicas, ao ponto de desmotivá-lo a praticá-las ou até mesmo afetar a sua disposição na rotina do dia.

Estas, portanto, são algumas das dificuldades para quem vive com o desvio de septo nasal e desvio de septo. Esse problema é comum no Brasil: um em cada oito brasileiros sofrem com essa dificuldade. A seguir, veja como saber se esse também é o seu caso!

Afinal, o que é desvio de septo?

A composição do nosso nariz é feita, basicamente, de ossos e cartilagem. A junção destes dois órgãos constitui uma parede simétrica no nariz, dividida em duas partes e integrando, assim, as fossas nasais. O septo nasal quando não está devidamente alinhado sofre um desvio para o lado, dificultando a passagem de ar e causando constantes sensações de nariz entupido.

Quem apresenta o problema, normalmente respira pela boca ou tem dificuldades para respirar. Normalmente, as pessoas que utilizam a boca como auxílio na respiração têm menor performance na prática de atividades físicas ou apresentam problemas estéticos na arcada dentária. Mas isso é tema para um outro post, porque os problemas de respirar pela boca são variados e complexos.

Uma das principais causas do desvio de septo está desde o crescimento exagerado da cartilagem, até mesmo em um trauma ocasionado por um acidente. Quebra do nariz, por exemplo. Principalmente quando é causado por uma anomalia na cartilagem do nariz.

Por um crescimento exagerado de nascença o paciente acaba não buscando tratamento, pois muitas vezes não sabe que tem este tipo de problema na respiração. Justamente porque nunca respirou da forma 100% correta, acha que está tudo bem.

O desvio de septo tem cura e tratamento precoce, mas é necessário consultar um especialista otorrinolaringologista para o diagnóstico.

Como saber se tenho desvio de septo?

A clínica Otorrino Paulista, por exemplo, tem uma especialidade médica composta por profissionais de alto padrão que tem o objetivo de cuidar da sua saúde. Marcando uma consulta com um otorrino da clínica, será possível diagnosticar o desvio de septo com precisão, através de exames específicos e recomendar o tratamento adequado como a septoplastia. Clique aqui e agende sua consulta!

O que é septoplastia ou correção do desvio de septo?

A Septoplastia é uma cirurgia realizada com anestesia local ou até mesmo anestesia geral. Tem como objetivo melhorar a respiração do paciente adaptando a cartilagem do nariz para a melhor passagem de ar. Isso ocorre quando uma pequena incisão é feita no nariz, com o objetivo de descolar a mucosa que fica sobre a cartilagem, posicionando-a de forma correta.

A cirurgia dura aproximadamente uma hora e meia e normalmente o paciente já tem alta do hospital no mesmo dia. Após o procedimento, é possível que o paciente tenha dores no local ou até mesmo uma febre leve. Pode ser também que ocorra algum tipo de sangramento discreto, que deve ser tratado com compressas de água gelada.

Cuidados após a cirurgia

É importante que o paciente faça as lavagens nasais recomendadas pelo médico otorrino, pois elas auxiliam diretamente em uma melhor e mais rápida cicatrização. É recomendado que o paciente tenha uma alimentação leve nos primeiros dias após a cirurgia e que evite banhos quentes, pois eles podem estimular o sangramento nasal. Por fim, a não prática de atividades físicas e o repouso são extremamente importantes para uma melhor recuperação pós-cirúrgica.

Compartilhe !

Agendar consulta
1
Agendar consulta
Olá! Quer ter mais informações para agendar sua consulta?