Lavagem nasal: qual sua importância no tempo seco e como fazer

Se você cansou de estar sempre com o nariz entupido ou com a garganta irritada e não sabe mais o que fazer, a solução é mais simples do que você imagina: é só saber incorporar a lavagem nasal na sua rotina. Muitos não sabem disso, mas grande parte dos problemas de saúde que atingem a parte otorrinolaringológica – ouvido, nariz e garganta – tem origem na má higienização do nariz, principalmente quando o tempo está seco.

As drásticas mudanças de temperatura que atingem certas regiões – como a cidade de São Paulo – onde nunca se sabe se o dia que começa quente e seco acabará com uma frente fria e fortes chuvas – podem prejudicar seu nariz caso você não se atente à higienização que deve ser feita no mesmo.

O tempo seco, principalmente, é extremamente prejudicial, já que resseca o nariz e pode até causar sangramentos. Se você quer garantir sua boa saúde, veja, a seguir, a maneira mais adequada para fazer a lavagem nasal.

Como fazer a higienização do nariz?

Esse hábito tão importante que faz tanta diferença na sua saúde, pode parecer trabalhoso, mas na verdade é incrivelmente simples. Para realizar a higienização do seu nariz, tudo o que você precisa é saber realizar uma lavagem nasal da forma correta e é isso o que vamos ensinar. Portanto, como fazer lavagem nasal?

Em primeiro lugar, para fazer uma lavagem eficiente, é necessário utilizar um soro fisiológico a 0,9. E por que não água? Bom, o soro fisiológico é mais recomendado, pois seu pH é mais próximo do encontrado dentro do nariz, então a limpeza é mais completa, além de não dar aquela sensação de incômodo. Assim, se sua preferência for pelo uso da água, é importante misturá-la ao sal ou bicarbonato de sódio para criar esse equilíbrio, além de aquecê-la, para ajudar a remover a sujeira das vias aéreas.

Outra pergunta frequente é sobre os remédios próprios para a limpeza nasal que são vendidos na farmácia com um aplicador. Apesar de muito populares, esse tipo de spray deve ser utilizado quando já se está com o nariz congestionado, portanto, tem uma ação diferente do soro fisiológico, já que um previne os problemas nasais e o outro é usado para tratá-los quando já existem.

Portanto, o soro fisiológico 0,9 é a solução mais indicada para realizar a lavagem nasal. Essa solução deve ser colocada dentro de uma seringa sem agulha ou um recipiente específico para esse propósito e, com a ajuda da força da gravidade, o líquido entrará por uma narina e sairá pela outra, realizando assim a higienização. Também é possível aquecer essa solução e, caso necessário, pode-se também inclinar a cabeça para ter certeza de que todo o líquido fez o percurso inteiro. E não se esqueça de respirar pela boca durante a lavagem!

O recomendado é efetuar esse processo cerca de três ou quatro vezes por narina, o que pode variar dependendo de sua rotina de higienização do nariz e do clima na região onde você vive. Além disso, recomenda-se, também, que a lavagem nasal com soro seja feita diariamente, de preferência duas ou três vezes por dia, para obter melhores resultados e garantir a limpeza completa das vias aéreas.

A importância da lavagem nasal

​A lavagem nasal é um hábito muito simples, mas cuja implementação em sua rotina, com certeza, será essencial para a sua saúde. Essa prática de cuidado com o nariz e as vias aéreas, no geral, é secular e adotada como tradição pela médica Ayurveda – sistema de medicina alternativa com origem na Índia.

Se você percebe grandes alterações no seu bem-estar e na sua saúde com as variações climáticas que se tornam cada vez mais comuns, a higienização nasal pode ser a solução. Desde narizes ressecados até inflamações e infecções na garganta, muitos dos problemas que te levam ao consultório do otorrinolaringologista podem ser resolvidos pela lavagem nasal.

Essa técnica de higienização não só elimina as secreções das vias aéreas superiores e qualquer tipo de obstrução nasal, mas também elimina o catarro e todas as sujeiras que seu nariz filtra sem que você perceba. É também comprovado que quem realiza a lavagem nasal com frequência diminui o uso de antibióticos.

Além do mais, realizar a lavagem nasal com frequência é um tratamento que se mostrou muito eficiente para a prevenção de infecções das vias aéreas e também para o tratamento de alergias comuns, como a sinusite ou a rinite alérgica.

E se você tem crianças ou bebês em casa, não se preocupe, a técnica também se aplica para os pequenos. Em menor quantidade e com menor pressão, pode-se aplicar o soro fisiológico sem problemas, porém, preferivelmente, com a criança sentada ou em pé e com a cabeça levemente inclinada para a frente. No caso de crianças pequenas, é ainda mais importante realizar a lavagem nasal, já que a instalação de secreção por um processo infeccioso no sistema respiratório pode inclusive causar otite.

Dicas para desentupir o nariz

​Se você sente o nariz congestionado com frequência, é essencial realizar a lavagem nasal para seu conforto e saúde. No entanto, existem outras alternativas que também podem te beneficiar ao higienizar as vias aéreas.

O uso de umidificadores ou vaporizadores, por exemplo, é uma solução prática e menos trabalhosa para quem sofre com o tempo seco. Umidificar seu quarto durante o sono ou o cômodo onde trabalha durante seu expediente, faz uma grande diferença na sua saúde respiratória e evita os efeitos agressivos do tempo seco.

Dormir com a cabeça elevada é mais uma medida que pode te ajudar a ter boas noites de sono mesmo com as vias aéreas congestionadas. Colocar um travesseiro sob o colchão, algum objeto sob a cama ou até usar mais de um travesseiro para dormir, é uma maneira de melhorar a respiração durante a noite, além de prevenir o refluxo, para quem sofre com esse problema.

Beber água também é uma prática essencial que auxilia na melhora de inúmeros aspectos da saúde. Embora cada corpo precise de uma quantidade específica de água para funcionar de maneira eficiente, manter uma média de 1,5 a 2 litros de água por dia ajuda a diluir o muco que entope o nariz.

Por último, compressas quentes no rosto ou o uso de vapores quentes pode aliviar o desconforto e abrir os seios nasais. O recomendado é sempre a lavagem nasal, para prevenir esse problema, mas se você busca uma maneira de descongestionar, essa é uma das mais eficientes. Quer saber mais sobre cuidados com a saúde de seus ouvidos, nariz e garganta? A clínica Otorrino Paulista te explica tudo e te atende em qualquer necessidade. Entre em contato e saiba mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como posso te ajudar
Enviar WhatsApp