Zumbido no ouvido: saiba quais as causas e o que fazer

Muitas pessoas relatam um grande incômodo por escutarem um zumbido no ouvido. Esse ruído pode ser temporário ou permanente, mas, de qualquer forma, pode afetar negativamente a qualidade de vida de uma pessoa. Esse som costuma ser irritante e constante, o que pode distrair pessoas durante a realização de alguma atividade. Desse modo, existem vários fatores que podem ocasionar o zumbido no ouvido esquerdo ou no direito e, além disso, também tem algumas formas de tratamento para isso.

O que é o novembro laranja?

O Novembro Laranja integra a Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido, que busca passar informações para a população brasileira acerca de problemas auditivos. Nesse sentido, esse mês, que foi inspirado na Campanha do Outubro Rosa, é essencial para alertar as pessoas sobre a importância de cuidar da audição. O Novembro Laranja já ocorre há oito anos e tem como um dos objetivos principais fazer com que as pessoas reflitam mais sobre o zumbido no ouvido, suas causas e tratamentos.

O que é zumbido no ouvido?

O zumbido no ouvido pode ser chamado, também, de tinnitus e ocorre quando uma pessoa escuta, com uma certa constância, sons ou barulhos irritantes e que causam incômodos. Assim, esses ruídos podem ser mais leves ou mais intensos, dependendo do caso de cada um. Na grande maioria dos casos, o zumbido ocorre em decorrência de perda auditiva e, por isso, é fundamental prestar atenção em todos os sinais e sintomas.

Além do ouvido com zumbido, também são sintomas que merecem atenção: tontura, enjoo, perda de equilíbrio, suor frio e perda auditiva. Os sons ouvidos podem ser diferentes em cada pessoa, como: sons de apitos, cliques ou até mesmo estalos. Ainda, é importante ressaltar que o zumbido no ouvido pode aparecer apenas em momentos de silêncio ou permanecer ao longo de um dia inteiro. Da mesma forma, o som pode ser temporário ou durar uma vida toda.

O zumbido no ouvido pode ser  definido como uma ilusão auditiva que causa uma sensação e não possui estímulos externos. Sendo assim, como apenas o paciente escuta o barulho, é difícil investigar as causas do ruído. O zumbido no ouvido é somente um sintoma e, dessa forma, pode ocorrer por diversos motivos e aparecer em pessoas de várias idades. No Brasil, esse problema atinge mais de 25 milhões de pessoas.

Principais causas de zumbido no ouvido

O zumbido no ouvido possui várias causas, sendo diferente em cada caso. No entanto, é possível investigar os motivos desse som, pois existem alguns fatores que frequentemente geram esse barulho e que incomodam o portador. Dentre as causas, podemos destacar: excesso de cera, sons muito altos, doenças crônicas, infecção no ouvido, labirintite, disfunção temporomandibular, estrutura do ouvido, remédios, tumores e lesões.

Excesso de cera

Excesso de cera é uma das principais causas do zumbido no ouvido, pois pode ocasionar um entupimento do canal auditivo e, assim, pode gerar o zumbido, além de ocasionar dificuldade para escutar, dor ou coceira no ouvido e até tontura.

Sons muito altos

Apesar de muitas pessoas gostarem de ouvir música alta, usar fone de ouvido com muita frequência e ir a shows de música, a exposição a sons muito altos pode causar zumbido no ouvido. Isso porque os sons altos podem vir a danificar as células que revestem os ouvidos, conhecidas como células ciliadas. Nesses casos, o zumbido no ouvido tende a durar 2 dias, embora também possa atingir a duração de duas semanas.

Doenças crônicas

Existem algumas doenças crônicas que podem causar o zumbido no ouvido. Dentre elas, podemos citar: obesidade, diabetes, pressão alta, esclerose múltipla, AVC, problemas da tireóide, lúpus e artrite reumatóide.

Infecção no ouvido

A infecção no ouvido pode modificar a pressão do ouvido, por causa do grande acúmulo de líquidos no ouvido médio. Essa infecção pode surgir por conta de bactérias, fungos ou vírus e pode levar ao aparecimento de zumbido no ouvido, dor, pus e até uma forte sensação de pressão nos ouvidos. Nesses casos, o zumbido pode também vir juntamente com outros sintomas, por exemplo febre e vermelhidão.

Labirintite

A labirintite é uma inflamação ou infecção, que possui como principais sintomas tontura, náusea, falta de equilíbrio e zumbido no ouvido. Essa doença pode ser causada por diabetes, pressão alta, vírus ou por questões emocionais.

Disfunção temporomandibular

A disfunção temporomandibular é causada por uma modificação na articulação, que faz a ligação do maxilar e da mandíbula. Essa alteração pode surgir por conta de uma pancada na região, em uma pessoa que aperta muito os dentes enquanto está dormindo, por motivos genéticos ou emocionais. Como consequência, a pessoa pode ter dor de cabeça, dor na mandíbula, dor no rosto ou zumbido no ouvido.

Estrutura do ouvido

O zumbido no ouvido pode ocorrer, também, em função de alterações que existam nas estruturas do ouvido, como malformação dos vasos sanguíneos. Dessa maneira, o sangue circula nos vasos com mais força, gerando esse som que incomoda no ouvido. Ainda, pode haver um enrijecimento dos ossos do ouvido – otosclerose – ou espasmos localizados nos músculos do ouvido, o que pode levar à perda auditiva e ao aparecimento do zumbido no ouvido.

Remédios

Um fator surpreendente, que também pode gerar esse ruído, é o uso de remédios com efeitos tóxicos para os seus ouvidos. Esses remédios normalmente têm: antiinflamatórios, por exemplo, ibuprofeno; quimioterápicos, como cisplatina; antibióticos, com ciprofloxacino ou diuréticos, sendo um exemplo bumetanida.

Tumores

Uma causa grave do zumbido no ouvido é a presença de algum tumor no cérebro ou no próprio ouvido. Um exemplo é o neuroma acústico, tumor benigno que pode gerar esse som no ouvido, além de outros sintomas, como sensação de formigamento no ouvido e no rosto, tontura e dor de cabeça. O câncer nasofaríngeo também pode ocasionar o zumbido no ouvido e é um tipo de tumor maligno, que se manifesta na parte de trás das narinas e na boca, podendo levar, inclusive, à perda da audição.

Lesões

Outra causa do zumbido no ouvido é alguma lesão localizada nessa região. Essas lesões podem ser causadas pelo uso de produtos químicos, itens inseridos no canal auditivo, entre outros fatores. Normalmente, as lesões geram não apenas o zumbido no ouvido, mas também dores, sangramentos ou perda auditiva.

O que fazer para tratar zumbido no ouvido?

Como existem diversas causas, cada uma tem uma forma de tratamento própria. Então, se você se pergunta “zumbido no ouvido o que pode ser?”, lembre-se que existem muitos fatores que levam a isso. Em caso de perda auditiva, o aparelho amplificador costuma ser eficiente para resolver o zumbido e a questão auditiva. Quando o zumbido no ouvido não ocorre em decorrência de perda auditiva, o primeiro passo do tratamento é buscar identificar qual a causa. Dependendo dos casos, medicamentos podem funcionar, porém sempre mediante recomendação médica.

Além disso, se você estiver com o ouvido zumbindo, existe também a Terapia de Habituação ao Zumbido, desenvolvida nos anos 90, que envolve escutar músicas ou sons relaxantes para acostumar o cérebro a estímulos constantes. Todavia, é fundamental destacar que, caso uma pessoa esteja escutando zumbido no ouvido com frequência, é extremamente importante buscar o acompanhamento médico de um especialista.

Assim, para saber mais sobre o tratamento indicado e as causas do zumbido no ouvido, busque a Otorrino Paulista, clínica médica especializada em Otorrinolaringologia e em cuidados com a saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Como posso te ajudar
Enviar WhatsApp