Otorrino Paulista

Já são mais de 11 milhões de casos de coronavírus no Brasil, de acordo com dados fornecidos pela GitHub. Dentre esses, mais de 9 milhões foram de indivíduos recuperados. Entretanto, mesmo após a recuperação, muitos indicaram a persistência ou aparecimento de problemas em diversos âmbitos da saúde.

Algumas dessas questões estão relacionadas à otorrinolaringologia, área especializada em doenças do ouvido, do nariz e seios paranasais, faringe, laringe, cabeça, pescoço, boca e esôfago. Então, rinite após Covid-19: será mesmo verdade? Descubra o que realmente acontece. 

Rinite após covid-19

Algumas possíveis queixas são de pessoas que já tiveram rinite, mas estavam curadas. Contraíram a Covid-19 e, com isso, os sintomas do problema, antes curado, voltaram a aparecer. A questão está na persistência da rinite, mesmo após o sucesso no tratamento do coronavírus. Para explicar melhor sobre esses sinais, o Dr. Fabiano Haddad (CRM 104534), mestre pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo voltado ao olfato, foi entrevistado.

Quando questionado sobre a situação, disse que não tem certeza de que isso aconteça dessa maneira. O profissional afirmou que o que ocorre após a Covid-19 é um aumento das secreções, principalmente porque começa a aparecer uma coriza persistente. Também é possível evoluir para uma sinusite bacteriana, que será abordada a seguir.

Sinusite x Covid-19

O médico afirmou que é possível confundir o coronavírus com uma sinusite, pela dor de cabeça que a doença causa. Ou seja, são problemas com alguns sintomas similares. A sinusite não é um dos sintomas da Covid-19, mas os sintomas de sinusite também podem ser confundidos com os sintomas da Covid-19 ou vice-versa.

Sinusite bacteriana x sinusite viral

A sinusite bacteriana é uma infecção causada por bactérias que atinge os seios da face, aqueles espaços ocos nos ossos ao redor do nariz. Muitas vezes, ela acontece depois de uma infecção viral, como um resfriado ou gripe. Os sintomas mais comuns são nariz entupido e dor ou pressão ao redor das narinas.

Além disso, pode haver mais secreção em uma narina do que na outra com um aspecto purulento (pus amarelado ou esverdeado). Pode existir ainda um inchaço ou vermelhidão nas pálpebras, dor de cabeça muito intensa com irritabilidade, fraqueza, vômitos ou vertigens.

Já a sinusite viral, mais comum de aparecer, é provocada pela infecção por vírus. Seus sintomas são muito semelhantes a uma gripe, com destaque para obstrução e secreção nasal um pouco mais espessa, além da diminuição do olfato. Tosse e febre também são recorrentes neste caso.

Coriza persistente

A coriza (nariz escorrendo), é um sintoma de doenças que ocasionam uma inflamação das fossas nasais. Ela é caracterizada por corrimento nasal transparente, amarelo ou misturado com sangue e pode ser acompanhada de espirros e/ou obstrução nasal. Quando não tratada, pode favorecer o desenvolvimento de sinusite ou bronquite, por exemplo. Também pode aparecer devido a infecções virais, bacterianas ou rinite alérgica.

Tratamento

Primeiramente, é importante pensar em cuidar da alimentação como forma de prevenção de qualquer doença ou infecção. Pessoas com a imunidade mais alta tendem a responder melhor ao tratamento e raramente são infectadas. Por isso, consuma o menos possível de industrializados e inclua alimentos ricos em vitamina C na sua rotina diária.

Ao pensar também em tratamento de rinite após covid-19, além de prevenção, não deixe de conhecer a clínica Otorrino Paulista. O Dr. Haddad, especializado em rinologia, cirurgia endoscópica dos seios da face e otorrinopediatria, é um dos médicos que poderão te atender e oferecer um tratamento adequado para rinite sintomas.

Entre no site ou marque sua consulta pelo Whatsapp (11) 99142-2342, de segunda à sexta-feira, das 08h às 19h.