Otorrino Paulista

O que é uma rinoplastia? Entenda como é a cirurgia

O que é uma rinoplastia? Entenda como é a cirurgia

Sem dúvida, o nariz é a parte do rosto que mais se destaca. Muito provavelmente, é por esse motivo que bastante gente sente o desejo de modificá-lo. A boa notícia é que tal façanha pode se tornar realidade com a realização de procedimento cirúrgico, mas há quem desconheça a prática. Afinal de contas, o que é rinoplastia?

Em resumo, rinoplastia é a cirurgia plástica feita no nariz. O procedimento está entre os mais realizados em todo o mundo e também no Brasil. E engana-se quem pensa que a intervenção tem apenas objetivos estéticos. Em alguns casos, ela é recomendada para fins funcionais, ou seja, para resolver problemas relacionados à respiração.

Neste post, vamos explicar com detalhes como funciona a cirurgia de rinoplastia, quando ela deve ser realizada, quais os riscos e os cuidados que é preciso ter no pós-operatório. Confira!

Afinal, rinoplastia para quê?

A insatisfação com o nariz atinge grande número de pessoas, inclusive afetando a autoestima de uma ampla parcela. Sendo assim, modificá-lo é a solução encontrada por muitos para se sentir bem com a própria imagem.

Mas existem parâmetros a serem seguidos em uma cirurgia para correção nasal. A vontade do paciente, sem dúvida, será observada pelo médico. Todavia, o formato do nariz deverá ser adequado às características de cada indivíduo, de forma a gerar harmonia e proporção em relação ao rosto.

Assim, saiba que a rinoplastia permite:

  • afinar a ponta do nariz, de modo a deixá-lo mais delicado e harmônico com a face;
  • diminuir o tamanho para adequá-lo ao perfil de cada pessoa;
  • corrigir a giba nasal, ou seja, o “calombo” presente no nariz de alguns indivíduos;
  • afinar a parte de cima do nariz, isto é, o dorso nasal, a fim de deixá-lo menos largo ou grosso;
  • corrigir o nariz torto, resultado de algum trauma ou alteração genética.

Para quem é indicada a rinoplastia?

Entendido o que é rinoplastia e por que o procedimento é realizado, é fundamental saber para quem ela é indicada. De acordo com especialistas, a intervenção só pode ser feita em pessoas que já tenham o nariz completamente formado.

Em outras palavras, a cirurgia só é segura em indivíduos com a estrutura nasal e as cartilagens constituídas. Em meninas, isso acontece por volta dos 15-16 anos; já em meninos, por volta dos 18 anos.

Pessoas que não gostam da aparência do nariz devem procurar o especialista para avaliar a possibilidade de correção cirúrgica. Além disso, a rinoplastia pode ser realizada junto com outros procedimentos que objetivam resolver problemas de ordem respiratória, tais como:

Desvio de septo

O septo nasal é a parede que fica localizada entre as duas narinas. A estrutura pode ficar fora do lugar por causa de um traumatismo ou por problema congênito, surgido desde o nascimento. 

Carne esponjosa

Chamada no linguajar médico de adenóide, ela está situada na região posterior ao septo nasal. Quando a estrutura aumenta de tamanho, o paciente fica com dificuldade para respirar, sendo a causa de ronco e inflamações nos ouvidos, por exemplo.

Sinusite

A sinusite é uma inflamação dos seios paranasais, que são as cavidades de dentro do nariz que auxiliam no aquecimento, umidificação e filtracão do ar que chegará aos pulmões. Pode surgir, dentre outros motivos, em decorrência de gripe ou alergia, vindo a afetar a drenagem destes seios. A intervenção cirúrgica para solucionar o problema é recomendada quando o quadro se torna recorrente.

 

Como funciona a rinoplastia?

A rinoplastia é considerada um procedimento seguro, que dura, frequentemente, três horas e meia, a depender de cada caso. Ela pode ser realizada sob anestesia geral ou anestesia local com sedação e sempre em centro cirúrgico do hospital. Normalmente, o paciente fica internado por 12-24 horas até ser liberado para casa. 

Existem duas técnicas principais para a realização do procedimento: a exorrinoplastia, ou rinoplastia aberta, e a endorrinoplastia, ou rinoplastia fechada. No primeiro caso, a prática ocorre pela columela, ou seja, a parte que divide as narinas. Ela é recomendada em intervenções que requerem grandes alterações estéticas.

A outra técnica, por sua vez, é feita por meio de incisões internas no nariz, e não deixa cicatrizes visíveis. É a opção mais indicada em cirurgias para fins funcionais, isto é, relativas à saúde, ou para pequenas alterações estéticas.

Quais os riscos da rinoplastia?

Uma boa notícia para quem deseja fazer a rinoplastia é que os riscos da cirurgia são relativamente baixos. O principal deles é a ocorrência de sangramentos, especialmente durante a primeira semana.

Devido a hematomas e edema após o procedimento, é possível que ocorram também infecções, sensação de dormência nos dentes, perfuração no septo nasal e obstrução das vias nasais (sinéquias). No entanto, os danos são remotos quando há bom acompanhamento pós-cirúrgico.

Quais cuidados é preciso ter no pós-operatório?

Para uma recuperação rápida e tranquila, é preciso tomar alguns cuidados importantes após passar pela cirurgia de rinoplastia. São eles:

  • fazer a higiene nasal com soro fisiológico;
  • realizar o uso de antibióticos e anti-inflamatórios pelo prazo de uma semana, de acordo com prescrição médica;
  • ingerir analgésicos, caso necessário, e conforme orientação do médico;
  • fazer repouso relativo no período de recuperação;
  • ter cautela ao dormir. O ideal é deitar-se com a barriga para cima, especialmente na primeira semana;
  • de preferência, manter a cabeceira da cama elevada;
  • abrigar-se do sol. A exposição indireta só é permitida com o uso de protetor solar ou até o completo desaparecimento dos hematomas.

Agora, você sabe o que é rinoplastia, para quem ela é recomendada, como é realizada a intervenção cirúrgica, os principais riscos e os cuidados necessários na fase do pós-operatório para uma recuperação ágil.

Para finalizar, devemos ressaltar a importância de procurar um consultório de especialidade com um quadro de profissionais de alto gabarito para realizar o procedimento de maneira segura e em conformidade com as expectativas do paciente.

E então, tirou suas dúvidas sobre rinoplastia? Aproveite para entrar em contato com o Consultório Otorrino Paulista e descobrir as vantagens dos nossos serviços!

Compartilhe !

Agendar consulta
1
Agendar consulta
Olá! Quer ter mais informações para agendar sua consulta?