Alergia a poeira: veja como tratar

Quem nunca foi fazer aquela boa faxina em casa, tirar o pó de todos os móveis e objetos encostados e imediatamente foi pego de surpresa com uma crise de espirros, coceira e incômodo tanto no nariz, quanto nos olhos? Esses sintomas de alergia à poeira podem aparecer de vez em quando, é exatamente sobre isso que a Otorrino Paulista vai falar hoje!

Às vezes temos um tempinho, em nossos finais de semana, ou férias, e queremos dar aquela limpa nas tranqueiras de casa, certo? Lavar os travesseiros, os edredons guardados nos guarda-roupas, colocar alguns casacos para tomar sol, limpar os brinquedos das crianças e dar aquela organizada na estante de livros podem ser boas ideias de uma boa faxina, mas o que fazer quando a alergia à poeira começar a incomodar? Por que isso acontece? Quais são os principais sintomas e como tratá-los?

Vamos entender um pouco mais sobre isso?

O que é alergia à poeira?

Alergia à poeira, incômodo, resfriado, rinite, sinusite, muitos podem ser os nomes utilizados na tentativa de caracterizar uma reação alérgica provocada por poeira, que é qualquer substância encontrada em um pó muito fino.

Assim, a alergia à poeira não necessariamente está ligada à sujeira, mas sim ao contato da pessoa alérgica a qualquer substância reduzida a um pó extremamente fino. Dessa forma, é possível ter uma reação alérgica a outros fatores também.

Normalmente associamos a alergia à poeira sintomas à sujeira, faxina e afins justamente porque na poeira de casa, encontrada nos móveis, por exemplo, tem maior presença dos chamados ácaros, que são organismos minúsculos presentes em praticamente todos os ambientes.

Os ácaros estão presentes nas partículas de pó que encontramos em casa, por isso as reações alérgicas à poeira se dão quando fazemos faxina, por exemplo.

Sintomas de alergia à poeira

Os principais sintomas experienciados por pessoas que têm alergia à poeira são tosse, olhos lacrimejando e coçando, dificuldades na respiração, espirros, coriza e manifestações alérgicas na pele.

É comum que as crises alérgicas à poeira sejam manifestadas quando estamos faxinando e arrumando coisas da casa justamente porque os móveis ou objetos que não têm muito uso são grandes acumuladores de ácaros, que já conversamos sobre. 

Como saber se tenho alergia à poeira?

Agora que sabemos os principais sintomas de alergia à a poeira fica um pouco mais fácil identificá-los em sua vida, principalmente em meio a crises alérgicas.

No entanto, a melhor forma de ter certeza de sua alergia e encontrar um tratamento válido e efetivo para ela é com a visita a um médico alergologista, responsável pela identificação de alergias em cada indivíduo.

Após alguns exames clínicos e físicos, e análise de histórico, o profissional será capaz de dar um diagnóstico de alergia à poeira para você, juntamente com um tratamento funcional de acordo com suas necessidades.

Quais as causas da alergia à poeira?

Já entendemos que o acúmulo de ácaros, presentes na poeira, é o que gera a crise de alergia à poeira e nos faz sentir todos aqueles sintomas. Mas qual a verdadeira causa da alergia à poeira? Qual a raiz do problema?

Como em qualquer outra crise alérgica, nosso corpo, a partir das células de defesa agem para que nós sejamos protegidos daquele “indivíduo” desconhecido entrando em contato com nosso organismo.

Assim, a alergia à poeira acontece quando nossas células tentam nos defender dos ácaros e alguns excrementos que eles liberam, tentando nos atingir.

Basicamente, quando tossimos, espirramos e temos outros sintomas da alergia à poeira, estamos nos protegendo e nosso corpo está tentando expulsar os ácaros que tentam entrar em contato com o organismo.

Como tratar alergia à poeira?

Agora que sabemos o que é a alergia à poeira, suas principais causas e efeitos no corpo, vamos entender como tratar alergia à poeira e ácaros?

Mais uma vez, a Otorrino Paulista recomenda, que ao sentir um ou mais desses sintomas, principalmente de forma frequente em crises alérgicas, um profissional seja procurado para que uma intervenção de saúde responsável seja feita, como a prescrição de um remédio para alergia à poeira, por exemplo.

Porém, vamos dar algumas dicas para tratamento e melhora dos principais sintomas de alergia à poeira.

Limpeza e faxina

Os ácaros conseguem viver por até 30 dias em ambientes quentes e úmidos, como cortinas, tapetes e roupas guardadas. Por isso, a limpeza frequente desses principais locais que acumulam poeira é muito recomendada.

Substituir a vassoura pelo aspirador de pó

Além de ser muito mais prático, o aspirador de pó pode ser um verdadeiro “salva-vidas” para evitar o acúmulo e espalhação de poeira, dispersando os ácaros e irritando as pessoas alérgicas.

Manter a casa arejada

Frequentemente abrir portas e janelas, de forma que o ar do ambiente circule e o local seja exposto a um pouco de sol é muito importante para o não acúmulo de ácaros.

Evitar algodão

Se você tem alergia à poeira e adora travesseiros e edredons de algodão, sentimos em lhe dizer, mas isso contribui muito para as crises alérgicas. Invista em materiais feitos de poliéster e veja muito mais qualidade no combate a sua alergia.

Utilização de máscaras na hora da faxina

Mas e quando a pessoa alérgica não tem para onde correr e precisa encarar toda aquela poeira? Durante a pandemia da covid-19, aprendemos a usar máscaras de proteção facial, e nesses casos ela continua sendo muito útil evitando que os ácaros tenham facilidade em entrar em contato com nosso organismo.

E aí, você acha que tem alergia à poeira? Então não esqueça de seguir nossas dicas para amenizar os sintomas! A Otorrino Paulista é uma clínica médica, especializada em Otorrinolaringologia que preza pela saúde e bem-estar de nossos pacientes, conte conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Como posso te ajudar
Enviar WhatsApp