Otorrino Paulista

Otorrinopediatra: qual a importância do acompanhamento desde a infância?

A partir do nascimento, as crianças precisam de acompanhamento médico regular para avaliar o crescimento e o desenvolvimento e prevenir ou diagnosticar e tratar possíveis doenças. Em particular, os cuidados com o ouvido, a garganta e o nariz são de responsabilidade do otorrinopediatra.

Engana-se quem pensa que a consulta com o pediatra substitui a ida ao otorrino para criança. Apenas este último profissional é capaz de identificar adequadamente e oferecer a melhor solução para determinados problemas que atingem os pequenos. Portanto, ele é indispensável.

Neste artigo, você vai entender qual a importância do otorrinopediatra, quais as principais doenças tratadas por esse especialista, quais as vantagens ao procurá-lo e como prevenir infecções nas crianças. Confira!

Por que é importante levar a criança ao otorrino?

Desde os primeiros dias de vida até a adolescência, a prevenção, o diagnóstico e o tratamento de doenças do nariz, do ouvido e da garganta devem ser realizados por um otorrinopediatra.

Esse é o profissional indicado para identificar, por exemplo, malformações congênitas, que exigem o cuidado adequado e precoce para proporcionar aos pequenos bem-estar e melhor qualidade de vida.

As infecções que afetam as crianças, principalmente durante o período escolar, e problemas como distúrbios de deglutição e perda auditiva também são tratados pelo especialista.

O otorrino para criança é de fundamental importância por atuar justamente na cura de doenças que podem comprometer o desenvolvimento do paciente, especialmente aquelas relacionadas à fala e à audição, que precisam de uma intervenção precoce.

Determinadas infecções, quando não são devidamente tratadas, podem voltar a aparecer por causa da resistência bacteriana, o que vai resultar em incômodo e exigir tratamento mais complexo ou até mesmo a cirurgia.

Além disso, doenças no ouvido, na garganta ou no nariz prejudicam a interação social e o aprendizado das crianças na escola. Em alguns casos, elas são a causa da dislexia. Logo, se não detectadas e tratadas o quanto antes, podem afetar a autoestima e a saúde mental.

Quais os principais problemas tratados pelo otorrino?

A relação de doenças ou problemas tratados pelo otorrinopediatra abrange, principalmente:

Ouvido

  • otite;
  • danos no tímpano;
  • surdez e perda auditiva;
  • dor de ouvido.

Nariz

  • sinusite;
  • rinite;
  • desvio de septo;
  • adenoide grande, ou seja, aumento da carne esponjosa;
  • alergias.

Garganta, laringe e pescoço

  • amigdalites;
  • faringites;
  • laringites;
  • problemas nas cordas vocais;
  • tumores;
  • dores de garganta.

Língua e boca

  • estomatite;
  • lesões;
  • língua presa ou grande.

Quais os benefícios ao consultar o otorrinopediatra?

Que o otorrino para criança é o médico indicado para cuidar do ouvido, do nariz e da garganta dos pequenos, você já sabe. Mas, afinal de contas, quais as vantagens ao recorrer a esse especialista? Descubra a seguir!

Dectecta problema vocal ou de audição

Rouquidão e aspereza podem ser sintomas de doenças nas cordas vocais, como verrugas e nódulos. Já o atraso na fala indica algum tipo de problema na audição, o que compromete o entendimento das palavras e das situações cotidianas. Portanto, esses sinais exigem a procura de um otorrinopediatra.

Cura doenças na garganta, no ouvido ou nariz

Os roncos e a respiração pela boca podem ser indícios de obstrução nasal ou algum problema na garganta. Fraqueza nos músculos do rosto ou alterações ortodônticas também ocasionam tais sintomas.

Já o sangramento no nariz, por exemplo, pode ser provocado por sinusite, vasos dilatados ou até mesmo doenças hemorrágicas que necessitam de intervenção. Apenas o otorrino para criança poderá descobrir a causa e realizar o tratamento ou procedimento adequado.

Evita o surgimento de outros problemas

Crianças que têm infecções de tempos em tempos — sinusite, faringite etc. — precisam passar pelo otorrino regularmente para evitar o aparecimento de outros problemas que atrapalhem o bem-estar e a rotina delas, como a obstrução nasal e o uso recorrente de antibióticos.

Da mesma maneira, os papais precisam ficar atentos aos bebês que choram na hora das mamadas ou quando recebem toque na orelha. Eles podem estar com otite, um tipo de inflamação no ouvido.

Identifica falhas na audição

O principal sintoma de que há algo errado com a audição da criança é quando ela pede para repetir o que foi dito ou repete equivocadamente o que foi falado. É preciso prestar atenção também se a escrita condiz com os sons das palavras.

Do mesmo modo, o comportamento dos pequenos durante as situações do dia a dia deve ser observado. Quando há necessidade de aumentar muito o volume da televisão, por exemplo, é porque a escuta pode estar comprometida.

Trata doenças na região do pescoço

Ínguas, cistos e nódulos na região central ou lateral do pescoço devem ser examinados imediatamente pelo médico para um correto diagnóstico e tratamento. É fácil percebê-los quando há aumento do volume na região.

Diminui os problemas da surdez

Crianças que nascem surdas devem ter o acompanhamento frequente do otorrinopediatra para amenizar os problemas causados pela surdez, tais como a dificuldade para falar, para aprender e para interagir com as pessoas.

Como prevenir as infecções nas crianças?

As doenças infecciosas que atingem o nariz, a garganta e o ouvido podem ser prevenidas com atitudes simples. Saiba quais são elas:

  • evite a entrada de água no ouvido. A dica é usar um pedaço grande de algodão ligeiramente embebido em óleo na hora do banho;
  • vacine a criança contra as bactérias pneumococos e hemófilos. Assim, de quebra, ela estará protegida contra meningite e pneumonia;
  • mantenha os pequenos distantes da fumaça do cigarro;
  • evite, ainda, que eles sejam expostos a variações bruscas de temperatura ambiente;
  • faça a higienização nasal com soro fisiológico, especialmente nos casos de resfriado;
  • no momento das mamadas, mantenha o bebê em posição vertical ou inclinado, e não deitado;
  • se o seu pequeno fica em berçário, procure uma opção com menos de dez crianças.

E então, entendeu por que o acompanhamento com o otorrinopediatra é importante? Lembre-se, no entanto, de procurar um profissional gabaritado e de confiança para cuidar da saúde das crianças.

Se você está em busca de um consultório de especialidade médica para adultos ou crianças, entre em contato com o Otorrino Paulista e conheça os melhores serviços do segmento!

Compartilhe !

Agendar consulta
1
Agendar consulta
Olá! Quer ter mais informações para agendar sua consulta?