Catarro na garganta: saiba se isso é normal

O catarro na garganta é algo que incomoda muitos pacientes, mas é importante saber que o muco possui um papel essencial no processo da respiração, onde filtra partículas estranhas, a fim de prevenir que entrem no sistema respiratório. Além disso, também funciona como umedecedor da via aérea nasal e protetor dos pulmões. Entretanto, quando o catarro na garganta se forma em excesso, precisa ser investigado.

O muco nasal, mais conhecido como catarro, trabalha para exercer mecanismos imunológicos importantes, os quais previnem que micro-organismos consigam entrar no seu corpo. Porém, se há um excesso frequente de catarro na garganta, deve se movimentar para tratar isso a partir de uma maior avaliação de um médico otorrinolaringologista.

Várias características do catarro na garganta interferem na análise do problema, algumas delas são: quantidade, odor e coloração. Um exemplo de prática que leva ao acúmulo de catarro na garganta é a falta de hidratação, ou seja, quando você toma pouca água, o seu muco passa a ficar mais espesso, mas geralmente a quantidade não é alarmante.

Os casos mais complicados são quando o catarro na garganta é causado por uma sinusite, por exemplo, e o tratamento necessita do uso de algum antibiótico receitado pelo seu médico. A partir do momento em que o muco incomoda ou atrapalha sua qualidade de vida, significa que o paciente precisa buscar um especialista, isto é, um otorrinolaringologista.

Sintomas de catarro na garganta

A maioria dos pacientes só percebe o sintoma de catarro na garganta quando se trata da sensação de que há algo preso nesta região. No entanto, o nome do principal sintoma do muco frequente é gotejamento pós-nasal, que se trata da sensação de catarro na garganta como um corpo estranho na orofaringe.

O gotejamento pós-nasal pode trazer algumas consequências como: rouquidão, pigarro, engasgos e, nos casos mais avançados, dores na orofaringe, tosse crônica e falta de ar.

Causas do catarro na garganta

É possível enumerar 10 das principais causas do acúmulo de catarro na garganta, são elas:

  1. Alergia;
  2. Fumo;
  3. Álcool;
  4. Cafeína;
  5. Alimentos como: leite, ovo e trigo;
  6. Infecção viral ou bacteriana;
  7. Gravidez;
  8. Alterações estruturais como desvio de septo;
  9. Uso de vasoconstritor nasal ou outros tipos de medicamentos;
  10. Refluxo gastro-esofágico.

É correto expelir?

A resposta é sim! Expelir o catarro na garganta constante é indicado pelos especialistas por auxiliar na saída do muco para fora do organismo, mas é importante ressaltar que tudo em excesso é prejudicial. Por isso, não é recomendado que se faça muita força ou mais vezes do que o necessário.

Como evitar o quadro de catarro na garganta?

Alguns cuidados que se pode exercer no dia a dia para evitar o catarro na garganta são:

Assoar o nariz regularmente

Isso evita que o muco se forme na garganta ao passar pela drenagem do nariz.

Limpeza nasal com soro fisiológico nasal

O formato mais indicado do soro é de jato, spray ou seringa, na percentagem de 0,9%, e pelo menos 2 vezes ao dia.

Hidratar-se

Beber de 1,5 a 2 litros de água por dia faz o muco ficar menos espesso. Evite alimentos como leite, ovo e glúten: eles tendem a aumentar a produção do muco.

Gargarejo

Quando se mistura água morna com meia colher de chá de sal para realizar um gargarejo, tal ato ajuda a diluir o muco e evita o acúmulo de catarro na garganta.

Como tratar o pigarro na garganta?

Muitas pessoas, quando sentem um incômodo constante com o catarro na garganta, acham mais prático se automedicar a partir de remédio sem descrição médica. Entretanto, essa não é uma ideia indicada, visto que a procura de um médico especialista é essencial para avaliar seu caso de catarro na garganta, fazer um diagnóstico correto e começar um tratamento específico para o paciente.

Dessa forma, se você entendeu a importância de cuidar da saúde e quer saber onde encontrar os melhores médicos, além do tratamento perfeito para o seu problema otorrinolaringológico, saiba o porquê de a Otorrino Paulista ser a opção ideal para você.

Ela é uma clínica que possui profissionais extremamente qualificados e humanizados na área de otorrinopediatria, otorrinolaringologia geral, endocrinologia, cardiologia, bucomaxilo e clínica médica. Toda equipe está preparada para atender as necessidades do paciente, sendo o melhor time de especialistas e cirurgiões otorrinos da região.

Trabalha com cirurgias estéticas e outros procedimentos relacionados à otorrinolaringologia, além de oferecer consultas on-line, aderindo à telemedicina. Marque sua consulta para que seja feito o diagnóstico do seu caso, seja devido ao catarro na garganta ou qualquer outro incômodo otorrinolaringológico, pelo número de WhatsApp (11) 2157-0067, de segunda à sexta-feira, das 8h às 19h!

A clínica está pronta para atendê-lo com o melhor que a medicina oferece nos dias atuais. Saiba mais informações acessando o site e confira a seção de artigos da Otorrino Paulista, a qual complementa o assunto de catarro na garganta ao disponibilizar conteúdos sobre rouquidão e muito mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Como posso te ajudar
Enviar WhatsApp