Cirurgia bucomaxilofacial: como funciona e para quem é indicada?

A cirurgia bucomaxilofacial é um procedimento carregado de dúvidas. Muitas pessoas ficam confusas por não saber o que é, como funciona, qual é profissional da saúde de procurar ou para quem é indicada.

É importante saber que o procedimento para bucomaxilofacial é realizado por um profissional odontológico, que precisa ter uma especificação na área de traumatologia e prognatismo mandibular, conforme as normas da Associação Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-maxilo-facial (CTBMF).

Neste post, a Otorrino Paulista vai te explicar tudo sobre o assunto. Confira!

Cirurgia bucomaxilofacial

Você já se deparou com uma pessoa de maxilar mais para frente do que o comum? Ou já presenciou alguém com o queixo mais recuado?

Essas pessoas sofrem na sociedade por não irem de acordo com a harmonia padrão na região do bucomaxilo. É importante entender como sofrem não apenas por questão de aceitação e autoestima, mas também por problemas na mastigação e, consequentemente, alimentares.

Assim, muitas dessas pessoas, que não encontram solução no aparelho odontológico, tem como solução a cirurgia bucomaxilofacial. Também conhecida como cirurgia ortognática, o procedimento envolve principalmente deformidades dos maxilares, como a região da cavidade bucal, maxilar e outras regiões da face.

Para quem é indicada?

 Apesar dos exemplos inicialmente citados, o procedimento também é indicado para diversos casos. Confira os quadros em que a cirurgia ortognática é indicada:

1. Deformidades faciais

O primeiro caso é entendido pela associação de cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial, desde sequelas de doenças, distúrbios de desenvolvimento até alterações do desenvolvimento.

Essas deformidades contribuem para problemas que prejudicam não apenas a questão social, mas também causam dores de cabeça, problemas na mastigação e respiração, sendo esse o sintoma mais presente no prognatismo. Dentre elas, temos: prognatismo mandibular e retrognatismo mandibular.

Prognatismo mandibular

Um exemplo comum de alterações do desenvolvimento é o prognatismo mandibular, o qual se caracteriza pelo crescimento demasiado do maxilar para frente.

Retrognatismo mandibular

No caso do retrognatismo mandibular, há um crescimento insuficiente da estrutura óssea, recuando assim o maxilar.

2. Doenças

​As doenças são um dos motivos para se indicar a cirurgia bucomaxilofacial. Algumas enfermidades sistêmicas, como a AIDS, a tuberculose e a sífilis, além de problemas como cistos nos maxilares, podem ser a sinalização necessária para a realização da cirurgia. Além disso, os tumores são uma das maiores causas que indica o paciente para a cirurgia ortognática, além dos dentes inclusos.

3. Implantes, adaptações ou fraturas

Muitas vezes, a cirurgia bucomaxilofacial é necessária para o implante dentário e para melhorar uma a adaptações protéticas, além de ajudar em relação às fraturas faciais.

Como funciona a cirurgia ortognática?

Em primeiro lugar, é importante ir a uma consulta com um dentista especializado em cirurgia bucomaxilofacial para entender qual a necessidade do seu caso.

Após a confirmação da cirurgia, é necessário um internamento de aproximadamente 2 dias. Antes do procedimento acontecer é aplicado uma anestesia geral. Na cirurgia para o ajuste do maxilar ou da mandíbula, são colocados parafusos e placas que costumam ser de titânio para ajudar no reposicionamento da face.

A cirurgia também é comentada pelo pós-operatório por uma questão de tensão muscular. Além do acompanhamento médico e do profissional de odontologia, é necessário também um fisioterapeuta especializado na região bucomaxilo, uma fonoaudióloga e uma nutricionista. Todos os profissionais irão ajudar ao máximo no desinchaço da região, adaptação e na recuperação total do paciente.

Onde fazer esse procedimento?

​Por ser uma região muito valorizada, a face tem muitas dificuldades e sensibilidades. Uma cirurgia não devidamente estudada pode causar grandes impactos para o paciente.

Por isso, é essencial buscar profissionais conhecidos, competentes e que possam realizar um bom trabalho para quem precisa desse tipo de cirurgia.

Nessa perspectiva, a Otorrino Paulista é a indicação mais apropriada. A clínica garante aos seus pacientes um atendimento de qualidade e profissionais altamente habilitados para cirurgias, principalmente as que requerem mais cuidado, como é o caso da cirurgia bucomaxilofacial.

Pensando no maior bem-estar e uma harmonização facial para você, a Otorrino Paulista é a capaz de oferecer um ótimo resultado. Clique aqui e acesse o nosso site ou entre em contato pelo Whatsapp (11) 99142-2342.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como posso te ajudar
Send via WhatsApp