Otorrino Paulista

Você sente pontadas nos ouvidos? A dor de ouvido pode causar diversas disfunções, desde problemas ligados ao próprio sistema auditivo até outras questões, como complicações ortodônticas. Assim, destacamos as principais causas desses incômodos e a importância de consultar um especialista em otorrinolaringologia. Confira!

Quais as causas das pontadas nos ouvidos?

As causas de pontadas nos ouvidos podem ser diversas e estão diretamente relacionadas ao sistema auditivo ou a outros fatores que influenciam a saúde da região. O primeiro passo para entender a dor é verificar o que pode estar causando o problema. Por isso, veja a seguir possíveis causas da sua dor de ouvido.

Infecções no ouvido

As infecções no ouvido, também chamadas de otites, prejudicam a capacidade de recepção do som. Em alguns casos, causam e potencializam zumbidos. Normalmente, esse tipo de infecção advém de problemas na garganta ou resfriados. Em casos mais graves, as otites podem provocar dor acentuada nos ouvidos e perda de audição. Por isso, é altamente recomendado procurar um otorrino, médico da área.

Problemas ortodônticos

Dores no ouvido nem sempre significam problemas ligados diretamente ao sistema auditivo. O bruxismo, ranger dos dentes, é o principal motivo de inflamação ou otite em adultos. Também, o nascimento do dente do siso pode provocar infecção no local, que, por conta da proximidade à articulação da mandíbula, pode ser refletida no sistema auditivo, causando dor de ouvido.

Cera acumulada (H3)

A função da cera é proteger os ouvidos, a substância atua na lubrificação do canal auditivo. Quando acumulada em excesso, pode afetar os tímpanos em decorrência do entupimento das vias auditivas.

Lesões no ouvido

Por outro lado, o uso de material inadequado para a limpeza dos ouvidos pode causar sérias lesões. Hastes flexíveis com algodão nas pontas são os materiais de higiene mais famosos para limpar a região, porém não são os mais indicados para manter a saúde da região. Existe também quem use outros objetos como chaves e outros artigos para manipular o local. Essa atitude é altamente contraindicada!

Exposição excessiva ao barulho

Usar fones de ouvido em alto volume e ficar muito tempo em lugares cuja exposição sonora é muito alta, sem dúvidas prejudica o canal auditivo. Até mesmo o barulho do trânsito pode causar problemas. Por isso, sempre que possível, evite sons altos.

Quais as formas de prevenção?

Agora que você já conhece as possíveis causas, é hora de descobrir como prevenir as pontadas nos ouvidos a fim de evitar desconfortos no futuro. Existem diversas formas de prevenção para dores nessa região. E, assim como as causas, elas podem ser ligadas diretamente ao sistema auditivo ou não. Veja!

Higienize a região corretamente

Os ouvidos devem ser devidamente higienizados, pois a quantidade de cera precisa ser controlada, utilizando os métodos corretos. Utilizar uma toalha macia e limpa após o banho, somente onde o dedo alcança, sem forçar a entrada do ouvido é a melhor forma. As hastes flexíveis devem ser utilizadas apenas para limpeza da área externa da orelha. Nesses casos, o melhor é contatar um otorrino para realizar a remoção da cera de forma segura.

Cuide da sua alimentação

Procure não consumir nicotina, álcool, doces e cafeína em excesso. Beba ao menos dois litros de água por dia, quantidade recomendada para o bom funcionamento de todos os órgãos do corpo. E, preste atenção na sua mastigação, tentando mastigar um pouco em cada lado da boca, para dividir a pressão entre os ouvidos.

Evite fones de ouvido e música alta

Hoje em dia, os próprios celulares possuem aviso de som extremamente alto, quando fones de ouvido estão sendo utilizados. Além do volume, não use fones por mais de duas horas por dia, para não ter complicações. Também, é interessante evitar ambientes onde o som é muito alto e, caso não seja possível, use um protetor auricular ou saia do ambiente a cada uma hora, por dez minutos.

Trate alergias respiratórias e problemas ortodônticos

Problemas ortodônticos e no sistema respiratório interferem na saúde dos ouvidos. Até mesmo amigdalite e sinusite podem causar desconfortos na região. Por isso, ao tratar determinadas alergias e casos odontológicos é necessário verificar possíveis problemas na audição.

Como tratar a dor de ouvido?

O tratamento da dor de ouvido varia conforme o caso. Mas, qualquer que seja o problema, é importante ficar atento e evitar tratamentos caseiros. Afinal, o canal auditivo é extremamente sensível e, se não for tratado corretamente, pode acarretar em diversas complicações, inclusive surdez definitiva.

Procure orientação médica

Por isso, é sempre bom buscar orientação médica. A otorrinolaringologia é a especialidade médica que trata de problemas relacionados à orelha, nariz e garganta. Então, o otorrino é o profissional que você precisa buscar caso a dor piore nas primeiras 48 horas, persista por mais de três dias ou venha acompanhada de febre acima de 38°, tonturas, dor de cabeça e inchaço no ouvido.

A clínica Otorrino Paulista trabalha com profissionais qualificados e cuida dos seus pacientes da melhor maneira possível, utilizando o melhor que a medicina tem a oferecer. Portanto, se as pontadas nos ouvidos persistirem e/ou virem acompanhadas de sintomas secundários, não hesite em buscar um profissional. Nós da Otorrino Paulista estamos sempre aqui para te ajudar. Consulte mais informações no site ou entre em contato pelo whatsapp (11) 99142-2342!