Otorrino Paulista

A coceira no ouvido é um incômodo normal, mas muitas vezes esse pode ser um sinal de que algo mais grave está acontecendo! Logo, um otorrinolaringologista precisa ser consultado, pois é possível que a coceira dentro do ouvido seja uma inflamação ou infecção no local.

Como há várias causas para esse sintoma, é necessário encontrar a resposta para a pergunta: coceira no ouvido o que pode ser? Por isso, confira abaixo as principais causas para coceira no ouvido!

Coceira no ouvido o que pode ser

1. Pele seca

Na maioria das vezes, a coceira no ouvido pode ser um problema com a produção de cera. Se não for produzida em quantidade suficiente, o ouvido não é lubrificado da maneira correta, deixando a pele ressecada, causando coceira no ouvido e descamação.

2. Dermatite do canal auditivo

A coceira dentro do ouvido pode ser resultado de uma reação alérgica que provoca também vermelhidão e descamação no local. Por isso, um otorrinolaringologista deve ser consultado. Geralmente, o motivo desses sintomas é o contato com alguma substância que provoca a dermatite do canal auditivo.

3. Otite externa

A otite externa consiste em uma infecção que leva a coceira no ouvido. Além disso, pode acarretar outros sintomas, como febre, dor, vermelhidão, inchaço, secreções esbranquiçadas ou amareladas e até mesmo perfurações no tímpano, caso não seja tratada corretamente por um otorrinolaringologista.

4. Psoríase e eczema

Para saber o que pode ser a coceira no ouvido, considere condições pré-existentes, como a psoríase e eczema.

A psoríase é uma doença autoimune de pele que não tem cura. Por esse motivo, caso seja diagnosticado com essa condição, você deve realizar um acompanhamento periódico com um otorrinolaringologista durante toda a sua vida.

Os seus sintomas são coceira no ouvido, manchas vermelhas, escamas secas, pele ressecada rachada e, consequentemente, dor. Outras condições de pele como a eczema também podem afetar o canal auditivo, o que causa coceira dentro do ouvido e ressecamento da pele.

5. Uso de objetos no canal auditivo

O uso de objetos no canal auditivo gera o acúmulo de água local. Esse excesso de líquido agride a pele, aumenta a pressão no local, leva a reações alérgicas e, consequentemente, a coceira dentro do ouvido.

Por isso, é contra-indicado pelos otorrinolaringologistas o uso de cotonetes, grampos e fones de ouvido, uma vez que eles podem motivar a coceira no ouvido. Até mesmo quem usa aparelhos auditivos deve ter cuidado para não ter irritações no local.

6. Acúmulo de cera

Apesar do acúmulo de cera explicar a coceira no ouvido, não é indicado pelo otorrinolaringologista usar cotonetes para removê-la, pois isso pode agredir o local. O bloqueio de cera deve ser tratado pelo otorrinolaringologista que também irá descobrir os motivos do acúmulo de cera.

7. Alergias

A coceira no ouvido também pode ser motivada por alguns alimentos específicos, como peixes, trigo, leite, soja, frutos do mar, kiwi, maçã e amêndoa. Componentes químicos, aromas fortes e outras substâncias também podem causar uma coceira incômoda. Por isso, tome cuidado com perfumes, pólen e produtos químicos com cheiros fortes.

Otorrino Paulista

Se estiver com coceira no ouvido, marque uma consulta no Otorrino Paulista! Um otorrinolaringologista deve ser procurado para que a causa da coceira no ouvido seja descoberta. Assim, o tratamento correto pode ser definido.

Na clínica Otorrino Paulista você encontrará excelentes médicos especializados que ajudarão a resolver a sua incômoda coceira dentro do ouvido de  forma rápida, humanizada e eficiente! Entre em contato pelo site ou envie uma mensagem para o número de Whatsapp (11) 99142-2342 e agende sua consulta!