Otorrino Paulista

Botox e rejuvenescimento facial: tudo que você precisa saber

A busca por procedimentos estéticos cresceu bastante nos últimos tempos. Segundo pesquisa realizada pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), os cinco principais procedimentos não cirúrgicos são: toxina botulínica; ácido hialurônico; remoção de pelos; redução de gordura não cirúrgica; e fotorejuvenescimento.

O rejuvenescimento facial e o botox são exemplos de intervenção não cirúrgica para manter um rosto mais jovem e diminuir as linhas de expressão. Apesar da prática estar popularizada, é de extrema importância pesquisar detalhes sobre o processo desejado e a clínica escolhida. A seguir, veja quanto custa colocar botox e como funciona.

Botox: como funciona?

O botox nada mais é do que a utilização da toxina botulínica na face, que serve como um paralisante muscular. A aplicação faz com que haja um bloqueio da passagem da acetilcolina para o músculo que, por esse motivo, não contrai mais. Dessa forma, a contração muscular é dificultada, promovendo a suavização de rugas dinâmicas na testa, sobrancelha e, também, nos conhecidos pés de galinha. O resultado permanece por, aproximadamente, 6 meses e depois disso necessita de retoques.

Quais os efeitos e os riscos do botox?

Como qualquer outro procedimento, os estéticos também possuem efeitos ou possíveis reações adversas que, quando ocorrem, geralmente são reveladas nos primeiros dias após a aplicação. Por ser uma injeção intramuscular, o botox pode desenvolver dores no local, sensibilidade aguda ou, em casos mais graves, alguma infecção. Em geral, os riscos do botox são:

●      Blefaroespasmo/espasmo hemifacial (movimentos involuntários da face);

●      Estrabismo;

●      Distonia cervical (postura irregular e movimentos involuntários);

●      Acidente vascular cerebral em adultos;

●      Espasticidade focal de membros superiores e inferiores (movimentos indesejáveis);

●      Paralisia cerebral pediátrica;

●      Hiperidrose (suor excessivo);

●      Bexiga hiperativa /neurogênica (incontinência urinária);

●      Migrânea crônica (enxaqueca crônica).

Qual o tempo de recuperação?

O procedimento leva alguns minutos e o período de recuperação também não é longo. O tempo de recuperação depende de cada paciente e de como cada corpo reage ao botox. O inchaço, a vermelhidão e a dor local costuma desaparecer entre 24 e 48 horas. O resultado aparece em média de 3 a 7 dias depois. Como citado acima, a aplicação perde o efeito com o tempo e, geralmente, necessita de retoques a cada 6 meses. Pessoas com mais sensibilidade podem usar pomadas anestésicas durante a recuperação. Todos os pacientes devem seguir os cuidados especificados pelo médico.

Quanto custa para colocar o botox?

É impossível dizer um valor exato, já que não existe uma tabela de preços fixa e universal. O custo do botox varia dependendo da quantidade a ser colocada, da parte do rosto que será aplicado, do médico/clínica que irá realizar o procedimento e da região em que o paciente mora. Entretanto, é possível dizer uma média de preço. Levando em consideração a utilização de 50 unidades de toxina botulínica, o preço pode variar entre R$1.768,34 a R$3.128,50.

Onde fazer? (H2)

Procurar um especialista de confiança é essencial para se submeter a tais procedimentos.  É importante que se tenha o devido acompanhamento médico durante todo o processo de aplicação do botox, desde a primeira até a última consulta. Nesse caso, a clínica Otorrino Paulista oferece médicos especializados em otorrinolaringologia. Especializada em intervenções estéticas e adepta à atuação médica humanizada, possui uma equipe de profissionais experientes e garante um bom resultado aos seus pacientes.

Agendar consulta
1
Agendar consulta
Olá! Quer ter mais informações para agendar sua consulta?